Para ler as correntes do oceano enquanto a chuva martela as janelas da casa | 2014



Sorry, this entry is only available in Brazilian Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

“Já há alguns anos, ou talvez desde sempre, venho observando a praia e o mar de Boa Viagem, lugar onde nasci e onde ainda hoje me reconheço quando ali retorno, depois de uma partida de mais de trinta anos. Talvez por isso, interessam-me mais os dias de chuva, quando as nuvens cobrem quase tudo e a chuva martela, insistentemente, as janelas da casa, transformando a paisagem”.

  • três vídeos com 10’, projeção simultânea em loop, edição de 5 + 2 PA
  • concepção e filmagem: Renato Bezerra de Mello
  • edição: Daniel Santos
  • EXPOSIÇÕES: “De onde os rios se encontram para inventar o mar”, Programa de Exposições do Carpe Diem Arte e Pesquisa, Palácio de Pombal, Lisboa Portugal

Fotografia: Oxana Ianin