Assim, recuso-me a vir a me tornar uma pálida imagem do que sempre fui para você | 2005



Nesta obra reúno duas peças de um arquivo de família: uma carta de amor, da qual retiro a frase-título; e uma fotografia do meu pai, jovem, talvez nos anos 1940, na praia de Boa Viagem, no Recife. As cores do seu retrato esmaecem muito lentamente, sem jamais desaparecer.

  • vídeo com 5 h, projeção em loop, edição de 5 + 2 PA
  • concepção e edição: Renato Bezerra de Mello
  • EXPOSIÇÕES: “Déplacements”, Le Showroom, Paris, França

Fotografia: Kristine Thiemann