Escritos sobre nada | 2007-13



Ao longo de um tempo, fui reunindo escritos sobre nada, ou melhor, sobre todas as coisas que me chamaram a atenção naquele período. Coisas que lia e escutava, e que transferia, com o auxílio do papel-carbono, para essas pequenas etiquetas para depois dispersar. Nesta exposição, numa casa-museu, elas foram reunidas nas pequenas gavetas da escrivaninha do quarto de um rapaz.

  • papel-carbono sobre etiquetas de papel
  • dimensões variáveis
  • EXPOSIÇÕES: “Amor”, Casa Museu de Benjamin Constant, Rio de Janeiro, Brasil

Fotografia: Cláudia Elias