XIV SALÃO MUNICIPAL DE ARTES PLÁSTICAS DE JOÃO PESSOA | 2013

João Pessoa, Brasil

 

1 Fingindo repetir o idêntico ⏐ 2012

Resgatando obsoletos instrumentos de desenho arquitetônico, criei esta série de desenhos nos quais repito o mesmo símbolo geométrico, numa combinação de 12 réguas de normógrafo e 12 espessuras diferentes de caneta nanquim: uma tediosa feitura de 144 combinações nas quais utilizei o mesmo padrão, sem jamais repetir o tamanho dos círculos, nem mesmo a espessura dos traços.

 

2 Caderno de riscos ⏐ 2012

Para marcar o quanto somos submetidos a interrupções na passagem do tempo, tracei riscos, ao longo de vários dias, utilizando-me de velhas réguas de madeira que pertenceram ao meu pai. Transferi para o papel o desgaste do uso das réguas, e as linhas mais espessas marcaram os momentos de retomada do trabalho, em seguida a cada interrupção.

Fotografia: Pat Kilgore