Alegria de artí­fice | 2012



Nestes bordados reuni afetos e preciosidades: o linho irlandês que herdei do meu pai; as linhas de seda que ganhei da proprietária de um armarinho (já que adivinhou um potencial artístico); e por fim, o nozinho francês, ponto que aprendi com bordadeiras de uma cooperativa carioca.

  • linho irlandês, linha de seda 
  • 60 x 35 x 10 cm (cada peça) 
  • EXPOSIÇÕES: ‘Errático, errante’, Galeria Inox, Rio de Janeiro, Brasil 

Fotografia: Wilton Montenegro