MAPAS DO ACASO | 2013 (em processo)



Nesses desenhos vou criando territórios nos relevos naturais do próprio papel. O círculo, elemento geométrico recorrente no meu trabalho, aparece aqui como fantasia: clarões abertos na floresta para abrigar aldeias indígenas de povos que não existem mais.

  • série de desenhos em nanquim vermelho sobre papel artesanal 
  • 26 x 33 cm e 50 x 40 cm
  • EXPOSIÇÕES: ‘Que nosso nome não caia no esquecimento’, Galeria Anita Schwartz , Rio de Janeiro, Brasil / ‘Rio’, Salt Fine Art Gallery, Laguna Beach, EUA

Fotografia: Pat Kilgore